From Porto to London to Texas

Ler em Português
Read in English

Em 2012 mudamo-nos do Porto para Londres e foi sem dúvida a coisa certa. Não haviam bons empregos em Portugal e uma oferta de trabalho vinda de Londres foi o suficiente para não recusar e mergulhar numa aventura que viria a ser uma óptima experiência. Mas Londres não é para qualquer um, e definitivamente não é para nós. Somos Portugueses, estamos habituados a vitamina D, praia, e dias que valem mais que 24h. Há quem nunca queira sair de Londres, nós já estávamos prontos.

Houve a possibilidade de sermos transferidos de Londres para o Texas, pois a empresa do homem tem sede cá. Não foi uma decisão fácil, já que na Europa somos bombardeados todos os dias com notícias vindas da América, onde pessoas são mortas à mão armada ou “A matou Y no Texas”, não se pode é ignorar o facto de os Estados Unidos seremgigantes e o Texas ser enorme, na realidade é o segundo maior estado, portanto alguém ser morto no Texas é o mesmo que alguém ser morto em qualquer país do tamanho de metade da Europa. Lá decidi que sim, há que aproveitar enquanto somos novos e não é todos os dias que temos a oportunidade de mudar de país e ser a empresa a tratar e financiar. O processo foi demorado, (obrigado Trump!), já estavamos fartinhos de esperar! Não somos todos assim? Primeiro estamos naquela do vai-não-vai e quando queremos ir, queremos J-Á? Mas cá estamos e posso afirmar que tem vindo a valer a pena.

Para vocês que possam estar numa situação semelhante, não receiem o desconhecido! Não se mandem sem estudar, eu li e re-li sobre o assunto até estar 100% segura que vir para o Texas era aquilo que eu queria. O homem é do género “que se lixe, bora lá” enquanto que eu quase já sei mais sobre o Texas que os Texanos!

O Americanish vai servir para partilhar as minhas aventuras por estes sítios, para que vocês possam não só “viajar” pela América, mas da mesma forma viajarem pelas minhas receitas, que um dos meus hobbies é cozinhar, e comer… muito!

You may also like

4 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *