The Impossible – Hopdoddy’s Burgers


Image from Hopdoddy’s Facebook (sorry, mine’s were too dark!)

Não, não me interessa o novo gossip das Kardashian nem a música nova da Rihanna. Mas falem me de comida e desses sítios mais ou menos requintados onde orgasmos fazem parte do menu, e já lá estou! O Hopdoddy entrou nesta categoria quando foi dito serem os melhores hambúrgueres cá nesta região do Texas (San Antonio/Austin). Se uma pessoa diz isto, é óbvio que nós, sendo como somos, não íamos demorar muito a lá ir. E não demorou… Hoje já lá estávamos. O  famoso hambúrguer “The Impossible” é o mais popular do menu quando lá se encontra (é um ‘special’) e dá para perceber porquê: é vegan e reza a lenda que sabe a carne. Assim sendo.. A curiosidade levou a melhor.

Pedimos esse e o Primetime, não vá o primeiro ser um ultraje e assim estávamos salvos. O resultado? Bem, o meu homem tem uma relação extra-conjugal com tudo o que sejam carnes, e após a primeira trinca, a surpresa esbateu-se e eis que o primeiro se encontrava abalado. De seguida fui eu. E não é que é de longe o melhor hambúrguer vegan de sempre? É como se fosse carne. Não, não é melhor, mas é bastante impressionante a consistência obtida assim como aquele crocante que ganha quando se cozinha um hambúrguer numa chapa. Não é tão suculento como o verdadeiro, mas após estar tudo montado e se trincar o hambúrguer, apanhava qualquer um desprevenido. Nem me lembrei que não estava a comer carne. Se subitamente houvesse um cataclismo no Planeta e não me fosse possível comer mais carne, ao menos poderia enfardar dois ou três daqueles e não ficar nada desapontada!

Numa nota à parte, é, não obstante, questionável se nos é realmente melhor para a saúde comer o Impossible Burger ou comer carne de qualquer animal. Naturalmente, para obterem tal consistência e sabor, o produto tem que passar por uma quantidade de processamento absurda e como é de conhecimento geral nos dias que correm, optar por carnes o menos processadas possível é, talvez, uma melhor opção (a não ser, claro, que sejam vegetarianos ou vegans).

Independentemente, uma experiência óptima, a ser repetida em breve!

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *