Califórnia – Dia 3

monterey

O destino de hoje seria Solvang mas ainda precisavamos dar uma voltinha por Monterey, portanto fomos almoçar pela área. Decidimos dar um saltinho ao Mundos Sandwich and Burger House, que tinha óptimas reviews e provámos duas das suas várias sandes deliciosas.

Daqui, estavamos prontos para voltar à estrada e descer pela costa, entrando na famosa 17 Mile Drive. Sendo que há tanta coisa gira para ver e sítio para parar: Spanish Bay, Point Joe, Bird Rock Vista Point, Carmel Beach, Rocky Creek Bridge, Bixby Creek Bridge, McWay Falls, é uma viagem demorada.

Vejam lá estas fotos maravilhosas.

the mountain

A maior aventura deste dia foi subir, literalmente, uma montanha em que mal um carro passava e andar nisto durante 32km. 1h30 em curva em contra curva, sem olhar lá para baixo e a rezar para que não viesse nenhum carro em sentido contrário. Queimei mais calorias que numa corrida, só do medinho que se apoderou desta medricas.

Depois de sãos e salvos, ainda passámos por uma base militar pois era o único caminho que nos levaria de volta à civilização. Obrigado aos senhores que decidiram cortar a 17 Mile Drive, tornaram a nossa viagem mais excitante.. é muita adrelina, minha gente!

Às custas destes desvios, chegámos mais tarde que o previsto mas são estes imprevistos que fazem destes momentos especiais, não é? Jantar foi levezinho e depois descansar que ainda nem vamos a meio.

Já sabem que podem sempre acompanhar-me pelo Instagram.

You may also like

9 comentários

  1. Já andei numa estrada assim parecida, na Suíça, mas o problema é que vinham carros.
    Foi horrível.

    Sandes com bom aspecto! =D

    E as fotos, praia, tão bom. Dá vontade de ir molhar os pés =P

    Beijocas

  2. uma aventura assim comigo não dava, sou mesmo muito medricas, acho que já tinha desmaiado várias vezes :p
    Mas as paisagens são lindas.. fiquei encantada com este roadtrip…
    Obrigada pelo teu comentário pelo blogue, já partilhei a minha experiência dos produtos da Corine de Farme,

  3. Já fiz duas vezes a “Big Sur” road, é uma viagem inesquecível, mais inesquecível é no entanto atravessar o Death Valey, que acho que não mais me atreveria a fazer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *